A vida continua

Por Francisco Soares Brandão
(Depoimento publicado no Jornal da ABI 387, de fevereiro de 2013)

• • •

Quando soube que o jornalista Wilson Figueiredo estava deixando o Jornal do Brasil após mais de 40 anos de dedicação, não tive dúvidas: precisava trazê-lo para fazer parte da equipe da FSB Comunicações. Não que fôssemos amigos ou muito próximos. Na verdade, havia estado poucas vezes com ele – lembro-me de termos sido apresentados casualmente num almoço no Copacabana Palace. Mas conhecia sua reputação e admirava seu trabalho, que acompanhei durante muitos anos por meio de minha amizade com o velho Nascimento Brito e com seu filho, José Antônio.

A lógica para mim era simples: poder contar com a experiência de tantas décadas de jornalismo do Wilson, então com pouco mais de 80 anos de idade, em prol de nossos clientes e de nossa equipe. Hoje, mais de sete anos depois, tenho certeza de que tomei a decisão correta. Wilson tornou-se uma doce e importante influência para o time da FSB Comunicações, tanto para os jovens quanto para os experientes.

Testemunha privilegiada – como repórter, editor, editorialista e cronista – de todos os fatos que marcaram a história deste País desde o fim dos anos 1930, Wilson cobriu o fim do Estado Novo, a esperança da Constituinte de 1946, a tragédia de Vargas, o surgimento de um novo Brasil no período Juscelino, as loucuras de Jânio (dizem que ele foi o primeiro a prever a possibilidade de renúncia do então presidente…), a instabilidade política pré-1964, os anos de chumbo da ditadura, o renascimento da democracia, as agruras da década perdida e a consolidação de nosso jovem regime democrático.

Hoje, na FSB, tornou-se um amigo, companheiro e uma fonte de inspiração. Mais do que isso: Wilson é uma peça importante na operação da agência e uma referência permanente para todos nós que temos o prazer de desfrutar da convivência diária com essa figura singular – pelo caráter e pela história de vida.

Tivemos a oportunidade de nos aproximar ainda mais quando surgiu a idéia de fazermos sua biografia para marcar o 30º aniversário da FSB. O projeto surgiu num almoço que realizamos com o jornalista Ancelmo Góis, em setembro de 2010, no restaurante Gero. Logo fiquei entusiasmado com a possibilidade, principalmente quando soube que, por incrível que pareça, ele não havia ainda registrado suas memórias.

O resultado foi o livro E a Vida Continua – A Trajetória Profissional de Wilson Figueiredo, lançado oficialmente no dia 1º de dezembro de 2011, na Livraria Argumento, no Leblon. A repercussão foi tanta que o livro ganhou as páginas dos principais jornais brasileiros, incluindo O Globo, Folha de S.Paulo, Correio Braziliense e O Estado de Minas, em resenhas detalhadas e elogiosas.

A festa de lançamento, apesar da chuva fina que caiu sobre o Rio naquela noite, também foi um sucesso. Entre os mais de 400 presentes, se encontravam personalidades da política, das artes e do jornalismo, como Oscar Niemeyer, Marcello Alencar, Marcílio Marques Moreira, Carlos Heitor Cony, Sábato Magaldi, Villas-Bôas Corrêa, Danuza Leão, Ruy Castro, Francelino Pereira, Jorge Bastos Moreno, Sérgio Cabral, Flávio Pinheiro, Marina Colasanti, Affonso Romano de Sant’Anna, Chico Caruso, Luiz Paulo Horta, Ana Arruda Callado e Sebastião Nery, além de outras tantas presenças ilustres.

No livro, após relatar suas memórias de tantas décadas de Redação, Wilson fala sobre seu trabalho na FSB e sobre o novo mundo que encontrou no universo da comunicação corporativa. Faço minhas as palavras dele: “Estar no chamado ‘outro lado do balcão’ foi descobrir que o jornalismo continua a salvo e capaz de múltiplas utilizações e aplicações. Isto é, variam os meios, mas o jornalismo é o mesmo, com diferentes roupagens ditadas pela necessidade”.

O livro foi a primeira experiência da agência nessa área e marcou de forma inesquecível nosso aniversário de 30 anos. Significou também poder fazer justiça a um dos mais importantes jornalistas deste País e registrar uma parte de tudo aquilo que ele viu em décadas de profissão. Foi também nossa singela forma de homenagear o amigo e companheiro Wilson Figueiredo, que hoje ajuda a construir a história da FSB Comunicações.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s