Equipe:

Dois Pontos: irá republicar entrevistas e conteúdos especiais produzidos originalmente durante os oito anos que esta equipe de jornalistas esteve à frente do Jornal da ABI, a publicação oficial da Associação Brasileira de Imprensa.

Francisco Ucha, jornalista, publicitário, desenhista, inquieto, apaixonado por papel. Criou publicações na maioria das empresas por onde passou. Trabalhou em O Globo, Jornal dos Sports, Herbert Richers, Look Filmes, Reserva Especial, Sato Co. Foi o curador da exposição Quadrinhos’51 e participou da exposição e do livro Traços Impertinentes.
Editou o Jornal da ABI ao lado de Maurício Azêdo.

Paulo Chico, jornalista formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), especializado na cobertura de Educação e Concursos Públicos. É Diretor de Jornalismo Online da Folha Dirigida e colaborou com o Jornal da ABI desde dezembro de 2008.

Celso Sabadin, jornalista especializado no setor de Audiovisual, autor de três livros sobre Cinema, incluíndo Vocês Ainda Não Ouviram Nada – A Barulhenta História do Cinema Mudo. É também professor de Cinema da rede de bibliotecas públicas de São Paulo, roteirista e cineasta. É editor do site Planeta Tela.

Gonçalo Júnior, jornalista especializado em cultura, história e quadrinhos, pesquisador e escritor, autor de 25 livros, dentre eles A Guerra dos Gibis  (Companhia das Letras), E Benício Criou a Mulher (Opera Graphica) e Alceu Penna e As Garotas do Brasil (Manole). Passou por publicações como Jornal da Bahia, Bahia Hoje, Tribuna da Bahia, Gazeta Mercantil e Diário de S.Paulo. Colaborou na Folha de S.Paulo e nas revistas Playboy, RG, Lola, Imprensa, Entrelivros, Trip, Bravo! e no Jornal da ABI. Participou da criação e editou por quatro anos a revista de cultura Personalité, do Banco Itaú, produzida na Trip Editora.

Mário Moreira, jornalista formado pela PUC-RJ. Começou como estagiário em publicações da Bloch Educação. No início dos anos 1990 trabalhou no Jornal do Brasil, como repórter de Economia e Cidade. Após breve passagem pelo Jornal do Commercio, ingressou em 1993 na Folha de S.Paulo, onde ficou exatos 18 anos, como repórter de Esporte, redator em três editorias (incluindo a Primeira Página) e chefe de reportagem da Sucursal do Rio. Desde 2013 trabalha como repórter free-lancer.

Martin Carone dos Santos, fotógrafo, formado em Direito pela Usp. Advogado criminal em São Paulo. Começou a lidar com fotografia aos nove anos, e continua até hoje. Sempre no analógico, máquinas antigas (especialmente Leica) e revelando no banheiro de casa.

José Duayer foi fotógrafo e cartunista na época áurea do Pasquim. É jornalista e reside no Rio de Janeiro. Tem cinco livros infantis publicados e um com o apanhado de suas charges e cartuns publicadas no Pasquim. Participou de obras coletivas na Suécia, Alemanha. Colômbia e, México.

• • •

Assim como o Jornal da ABI, este site também não aderiu ao “acordo ortográfico”. Pelo menos enquanto a lei nos facultar esse direito…

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s